Translate

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Câmara Municipal de Uberlândia

Câmara Municipal de Uberlândia
Destaque do Dia


Projetos são aprovados durante a sétima reunião ordinária de agosto
                       
Primeira discussão e votação:
           
Projeto de Lei Ordinária - 00562/2017 - np – Projeto de Lei 396/2017, de autoria do prefeito municipal, que autoriza a cessão de uso de bem imóvel que especifica à Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer – Futel - e dá outras providências. Aprovado por 24 votos favoráveis. Duas ausências.

Projeto de Lei Ordinária - 00553/2017 - np – Projeto de Lei 389/2017, de autoria do prefeito municipal, que altera a Lei Nº. 10.662, de 13 de dezembro de 2010, e suas alterações, que “estabelece normas de proteção do patrimônio cultural do Município de Uberlândia, revoga as leis municipais Nº. 9.702, de 20 de dezembro de 2007, e Nº. 10.006, de 20 de outubro de 2008, e dá outras providências”. Aprovado por unanimidade dos presentes. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.

Projeto de Lei Ordinária - 00561/2017 - np – Projeto de Lei 395/2017, de autoria do prefeito municipal, que altera a Lei Nº. 8.485, de 24 de novembro de 2003, que “institui o Diário Oficial do Município – D.O.M. - e dá outras providências”. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.

Projeto de Lei Ordinária - 00560/2017 - np - 394/2017, de autoria do prefeito municipal, que altera os Anexos IV e X da Lei Nº. 11.966, de 29 de setembro de 2014, e suas alterações, que “dispõe sobre o plano de carreira dos servidores públicos da administração direta do Município de Uberlândia e dá outras providências”. Aprovado por 21 votos favoráveis. Cinco ausências.

Projeto de Lei Ordinária - 00427/2017 - np – Projeto de Lei 304/2017, de autoria da vereadora Jussara Matsuda, que institui no calendário oficial do município o Dia da Preservação da Visão no Município de Uberlândia e dá outras providências. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.

           
Segunda votação e redação final:

Projeto de Lei Ordinária - 00549/2017 - np – Projeto de Lei 380/2017, de autoria do prefeito municipal, que autoriza a transferência de recursos do orçamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação à entidade que menciona no valor de R$ 124.000,00 e dá outras providências. Aprovado por 22 votos favoráveis. Quatro ausências.
 
Projeto de Lei Ordinária - 00550/2017 - np – Projeto de Lei 381/2017, de autoria do prefeito municipal, que abre crédito suplementar no orçamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação no valor de R$5.925,00 e autoriza a transferência de recursos às entidades que menciona e dá outras providências. Aprovado por 23 votos favoráveis. Três ausências.

Projeto de Lei Ordinária - 00551/2017 - np – Projeto de Lei 387/2017, de autoria do prefeito municipal, que revoga a Lei Municipal Nº. 11.919, de 21 de agosto de 2014, que “desafeta do domínio público e autoriza o Município de Uberlândia a alienar por meio de doação o imóvel que menciona, com dispensa de licitação, ao Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais para o fim que especifica, revoga a Lei Nº. 11.653, de 20 de dezembro de 2013, e dá outras providências”. Aprovado por 22 votos favoráveis. Uma abstenção. Três ausências.

Projeto de Lei Ordinária - 00552/2017 - np – Projeto de Lei 388/2017, de autoria do prefeito municipal, que autoriza o Município de Uberlândia a efetuar o reparcelamento dos débitos previdenciários relativos ao aporte suplementar atuarial determinado pela Lei Nº. 11.306/2013 com o seu regime próprio de previdência social – RPPS, Instituto de Previdência Municipal de Uberlândia - Ipremu. Aprovado por 23 votos favoráveis. Três ausências.

Projeto de Lei Ordinária - 361/2017 - np – Projeto de Lei 269/2017, de autoria do vereador Paulo César (PC), que dispõe sobre o direito ao aleitamento materno nos estabelecimentos de uso coletivo, públicos ou privados. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.


Discussão única:

Projeto de Lei Ordinária - 00532/2017 - np – Projeto de Lei 374/17, de autoria do vereador Doca Mastroiano, que denomina de Avenida Elmira Ferreira o logradouro público que especifica. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.

Projeto de Lei Ordinária - 00545/2017 - np – Projeto de Lei 383/2017, de autoria do vereador Doca Mastroiano, que denomina de Avenida Lúcia Aparecida Ferreira do Nascimento o logradouro público que especifica. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.

Projeto de Lei Ordinária - 00546/2017 - np – Projeto de Lei 384/2017, de autoria do vereador Doca Mastroiano, que denomina de Rua Isaias Lopes Medeiros o logradouro público que especifica. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.

Projeto de Lei Ordinária - 00547/2017 - np – Projeto de Lei 385/2017, de autoria do vereador Doca Mastroiano, que denomina de Rua João Goulart Filho o logradouro público que especifica. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.

Projeto de Lei Ordinária - 00548/2017 - np – Projeto de Lei 386/2017, de autoria do vereador Doca Mastroiano, que denomina de Rua Maria de Lourdes dos Anjos o logradouro público que especifica. Aprovado por maioria simples. Votação simbólica.

           
Frederico Queiroz
Departamento de Comunicação Social
Câmara Municipal de Uberlândia

Tel.: 3239-1130 / 3239-1131 / 3239-1174

NO AR JORGE CORUJA NO VOO LIVRE





VAGA DE EMPREGO

Câmara Municipal de Uberlândia

Câmara Municipal de Uberlândia
Destaque do Dia


Projetos são aprovados durante a sexta reunião ordinária de agosto
                       
Primeira discussão e votação:

         Projeto de Lei Ordinária - 00550/2017 - np – Projeto de Lei 381/2017, de autoria do prefeito municipal, que abre crédito suplementar no orçamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação no valor de R$5.925,00 e autoriza a transferência de recursos às entidades que menciona e dá outras providências. Aprovado por 24 votos favoráveis. Duas ausências.

          Projeto de Lei Ordinária - 00551/2017 - np – Projeto de Lei 387/2017, de autoria do prefeito municipal, que revoga a Lei Municipal Nº. 11.919, de 21 de agosto de 2014, que “desafeta do domínio público e autoriza o Município de Uberlândia a alienar por meio de doação o imóvel que menciona, com dispensa de licitação, ao Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais para o fim que especifica, revoga a Lei Nº. 11.653, de 20 de dezembro de 2013, e dá outras providências”. Aprovado por 25 votos favoráveis. Uma ausência.

        Projeto de Lei Ordinária - 00549/2017 - np – Projeto de Lei 380/2017, de autoria do prefeito municipal, que autoriza a transferência de recursos do orçamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação à entidade que menciona no valor de R$ 124.000,00 e dá outras providências. Aprovado por 25 votos favoráveis. Uma ausência.

        Projeto de Lei Ordinária - 00552/2017 - np – Projeto de Lei 388/2017, de autoria do prefeito municipal, que autoriza o Município de Uberlândia a efetuar o reparcelamento dos débitos previdenciários relativos ao aporte suplementar atuarial determinado pela Lei Nº. 11.306/2013 com o seu regime próprio de previdência social – RPPS, Instituto de Previdência Municipal de Uberlândia - Ipremu. Aprovado por 22 votos favoráveis. Quatro ausências.

           
           

Frederico Queiroz
Departamento de Comunicação Social
Câmara Municipal de Uberlândia

Tel.: 3239-1130 / 3239-1131 / 3239-1174

VENHA ANUNCIA CONOSCO PARA MAIS DE 60 MIL CLICKS DIA MK2STUDIO A SUA RADIO AGENCIA MUNDIAL

RÁDIO MK2STUDIOUberlândia - MG - Brasil
Ouça ao vivo !!

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP

Excesso de partidos
Algumas questões e argumentos no Brasil são desmoralizados pela repetição verborrágica sem uma correlação de fato entre a tese e a prática. Uma delas é a ladainha do excesso de partidos, a que algumas pessoas costumam se referir como meras “siglas partidárias”.
Que existe excesso, todos dizem; por que isso é ruim todos repetem que é por causa do excesso. Quando explicam as razões, a argumentação enfraquece a defesa. O principal fundamento seria a confusão ideológica gerada nos cidadãos, além de os pequenos partidos venderem alguns minutos no horário de televisão nas campanhas eleitorais para as grandes agremiações.
Não existe prejuízo com excesso de ideologias porque são poucos os filiados capazes de entender o significado de ideologia. Menos, ainda, são aqueles com capacidade de fazerem uma associação entre sua posição ideológica e aquela adotada por um partido político.
Quanto à venda do tempo, também não se sustenta, pois se resolveria se não houvesse os “receptadores”, numa disputa típica de um leilão.
Ainda nessa linha de distância entre filiados e partidos, muitos são filiados sem sequer terem conhecimento de que o são. Por isso, ainda é comum se detectar a duplicidade de filiação na Justiça Eleitoral.
Esses argumentos são insustentáveis, a não ser para bancar salários de “analistas políticos” e encher o peito de políticos sem outra coisa importante para dizer. Mas não faltam razões que justifiquem a insignificância dos partidos brasileiros.
Uma primeira seria a ausência de uma atuação política de fato. As agremiações partidárias limitam-se exclusivamente à escolha de candidatos a cargos eletivos. Não realizam nenhum trabalho de conscientização política nem de cidadania. Entregam candidatos sem nenhuma capacidade de gestão, e cobram voto consciente do cidadão. Não é sem razão que a corrupção grassa de ponto a ponto deste país.
Os filiados servem apenas de número e não participam de atividade nenhuma. Quando são chamados a participar, limitam-se a legitimar escolhas já feitas pelos caciques. É assim com a escolha de todos os candidatos.
Além de não estimular a participação dos seus integrantes, os partidos são verdadeiros fantasmas. Pouquíssimas pessoas sabem como são estruturados, como se organizam, muito menos conhecem o endereço de um deles. Esse anonimato decorre, inclusive, da falta de cobertura da mídia, dos institutos de pesquisas, que só falam de partidos em época de eleição. Indaguem a alguém para que serve um partido.
Até mesmo os sítios dessas instituições não trazem nada de interesse coletivo. Os textos constituem-se em autoelogios, ou críticas deliberadas aos adversários, num padrão “botequim de esquina”.
De um mal gigantesco nenhum brasileiro escapa: os partidos são sustentados pelo Fundo Partidário, um repasse constitucional de dinheiro público a pessoas jurídicas de direito privado. Essa transferência automática mereceria um questionamento sobre a sua constitucionalidade, já que não há um elo lógico entre os interesses de um partido com o interesse público ou coletivo.
Definitivamente, os partidos são ruins por seus próprios equívocos, por falta de atuação, por falta de clareza sobre os fins para que são constituídos. O Brasil não tem boas lembranças do bipartidarismo. Pelos argumentos utilizados, não faz a menor diferença de que eles sejam duzentos ou apenas dois.
Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP
   Bacharel em direito

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Viaduto da rua Olegário Maciel terá tráfego liberado no próximo domingo (20)

Viaduto da rua Olegário Maciel terá tráfego liberado no próximo domingo (20)
Obra permitirá novo acesso direto entre setores central e sul e beneficiará a locomoção de 57 mil motoristas que utilizam trecho diariamente

                         
  Foto: Valter de Paula - SecomPMU

Idealizado para facilitar a integração entre o setor central e a zona sul de Uberlândia, o viaduto da rua Olegário Maciel sobre a avenida Rondon Pacheco já foi concluído e terá o tráfego liberado no próximo domingo (20) pela Prefeitura de Uberlândia. A obra foi proposta ainda durante o segundo mandato do prefeito Odelmo Leão (2009-2012) - dentro do projeto ‘Uberlândia Integrada’ - e beneficiará cerca de 2 mil veículos que trafegam (em média) por hora no trecho.

Para ser erguido, o viaduto recebeu investimentos na ordem de R$ 7,38 milhões. São recursos do programa de financiamentos a projetos de modais de transporte do governo federal. Quase a totalidade desse valor (95%) foi financiada pela Caixa Econômica Federal, dentro do plano de expansão de projetos de ampliação dos corredores estruturais do transporte coletivo para o país - que também prevê a construção dos terminais e corredores de ônibus, por exemplo. As verbas eram de caráter ‘vinculado’, o que significa que eram destinados exclusivamente para a execução deste projeto.


Em termos técnicos, a obra do viaduto da rua Olegário Maciel constitui-se em uma construção pré-moldada de 130 metros de extensão e 11 metros de largura, com a pavimentação de duas faixas para tráfego de veículos.  Um equipamento viário que, por fim, substitui o uso do semáforo no cruzamento para se controlar o fluxo de veículos.

Benefício viário

Uma análise elaborada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) aponta que o viaduto da Olegário Maciel possibilitará a interligação dos setores central e sul de Uberlândia por meio de um acesso direto ao bairro Saraiva. Na prática, reduzirá consideravelmente o tempo de viagem tanto dos motoristas quantos dos usuários do transporte coletivo, já que duas linhas operantes passam pelo local: A117 e B909.


A economia na travessia do trecho estimada pela Settran será de seis minutos para veículos e de cinco minutos para os ônibus do transporte. Isso porque, anteriormente, ainda com semáforo no trecho, os veículos poderiam ter de esperar (sobretudo, nos horários de pico) até três ciclos do semáforo antes de conseguir atravessar a avenida Rondon Pacheco para acessar o bairro Saraiva.

Além do ganho na velocidade, segundo a análise da Settran, o viaduto trará mais segurança ao organizar o fluxo de veículos na localidade, melhorando a fluidez e diminuindo a probabilidade de acidentes. O equipamento viário também ajudará na economia de queima de combustível, o que, de uma forma geral, contribui para a redução de ruídos e da emissão de poluentes no ar.

A medição da Settran revela que ao menos 57 mil veículos utilizam o trecho ao dia. Ou seja, ao mês, mais de 1,7 milhão de automóveis passam pela localidade para acessar o centro ou o sul da cidade.

Viaduto da rua Olegário Maciel sobre a avenida Rondon Pacheco
Valor da obra: R$ 7,38 milhões
Estrutura: construção pré-moldada de 130 metros de extensão e 11 metros de largura, com a pavimentação de duas faixas para tráfego de veículos
Resultado: mais integração entre Centro e zona Sul
Beneficiados: 57 mil veículos ao dia
Recursos: financiado pela Caixa Econômica Federal (95%)

17/08/17
Fernando Boente
(34)3239-2441

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS
NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
www.pmmg.mg.gov.br/9rpm
9rpm-p5@pmmg.mg.gov.br


TRÁFICO DE DROGAS
09/08/2017
20:20
AVENIDA MONSENHOR EDUARDO / AVENIDA ENGENHEIRO DINIZ - BOM JESUS
DURANTE PATRULHAMENTO PELO BAIRRO BOM JESUS, NA AV MONSENHOR EDUARDO, A GUARNIÇÃO SE DEPAROU COM O AUTOR QUE, AO VER A VIATURA, AGIU DE FORMA A LEVANTAR SUSPEITA DOS MILITARES. DIANTE DA REAÇÃO, OS POLICIAIS EFETUARAM A ABORDAGEM E LOGO PERCEBERAM UM INVÓLUCRO DENTRO DA BOCA DO ADOLESCENTE DE 15 ANOS. AO SER RETIRADO O OBJETO, CONSTATOU-SE TRATAR DE 24 PEDRAS DE SUBSTÂNCIA SEMELHANTE A CRACK. PARTE DA SUBSTÂNCIA ESTAVA ENVOLVIDA EM UMA FITA DE COR BRANCA DE FORMA INDIVIDUALIZADA, SOMANDO 10 UNIDADES. AS OUTRAS 14 ESTAVAM ENVOLVIDAS EM UM PLÁSTICO MAIOR. DIANTE DO FLAGRANTE, FOI DADA CIÊNCIA À MÃE DO MENOR, QUE FOI CONDUZIDO À DELEGACIA, JUNTAMENTE COM O MATERIAL APREENDIDO. O ADOLESCENTE JÁ POSSUI PASSAGENS POR  TRÁFICO ILÍCITO DE ENTORPECENTES EM 28/03/2017, ENVOLVIDO COMO PASSAGEIRO EM VEÍCULO ROUBADO - 30/08/2016; AUTOR DE ROUBO TENTADO EM 18/07/2016 E AUTOR EM OCORRÊNCIA DE PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO EM 06/01/2017.

TRÁFICO DE DROGAS
09/08/2017
02:48
RUA MARIA APARECIDA PEIXOTO / RUA GUIOMAR LINO MOREIRA - SANTA ROSA
EM PATRULHAMENTO NO BAIRRO ESPERANÇA, NA RUA MARIA APARECIDA PEIXOTO, CHEGANDO AO CRUZAMENTO COM A RUA GUIOMAR LINO MOREIRA, A GUARNIÇÃO POLICIAL MILITAR SE DEPAROU COM O AUTOR M. S., 31 ANOS, EMBAIXO DE UMA ÁRVORE, AUTOR ESSE QUE JÁ HAVIA EVITADO UMA ABORDAGEM UM POUCO MAIS CEDO. E, NOVAMENTE, AO PERCEBER A CHEGADA DA VIATURA, EMPREENDEU FUGA POR UM LOTE VAGO, SENDO PERSEGUIDO E PRESO. DURANTE A PRIMEIRA ABORDAGEM O AUTOR SUBIU NO TELHADO, VINDO A PISAR NAS TELHAS QUE NÃO SUPORTARAM O SEU PESO E CAIU, POSTERIORMENTE CORREU ENTRANDO NO MATO E PULANDO EM UM CÓRREGO. DEVIDO A ESTA QUEDA, O ACUSADO APRESENTAVA ALGUMAS ESCORIAÇÕES, SENDO LEVADO ATÉ A UAI DO BAIRRO TIBERY ONDE FOI ATENDIDO. REFAZENDO O ITINERÁRIO FEITO NA FUGA, OS POLICIAIS MILITARES ENCONTRARAM UM PEQUENO FRASCO CONTENDO 48 PEQUENAS PEDRAS DE SUBSTANCIA SEMELHANTE A CRACK E NA MÃO DE MARCELO R$ 10,00( DEZ REAIS). O AUTOR DISSE TER PEGADO A DROGA COM UM CONHECIDO. OS POLICIAIS FORAM ATÉ O LOCAL INDICADO PELO AUTOR, PORÉM NÃO LOCALIZARAM O FORNECEDOR. DIANTE DE TUDO, FOI DADA VOZ DE PRISÃO A M., QUE CONDUZIDO, JUNTAMENTE COM O MATERIAL APREENDIDO, À DELEGACIA.

Lista de selecionados para segunda edição do ‘Mercado de Pulgas’ é divulgada

Lista de selecionados para segunda edição do ‘Mercado de Pulgas’ é divulgada

Evento acontecerá no Mercado Municipal no dia 20 de agosto; Secretaria de Cultura também promoverá uma sessão de ‘Rádio Saudade’ em comemoração ao aniversário de Uberlândia.
Trinta e três colecionadores de Uberlândia foram selecionados para participar da segunda edição do ‘Mercado de Pulgas: antiguidades e colecionismos’, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura entre às 10h e 16h do dia 20 deste mês. A lista com os aprovados foi publicada no Diário Oficial do Município.
O objetivo da feira é oportunizar a exibição, venda e troca de produtos e bens colecionáveis como livros, gibis, bijuterias, revistas, artigos de decoração, CDs, DVDs, vinis, louças, fotografias, relógios, rádios, selos, moedas, antiguidades obras de artes, entre outros. A primeira edição do Mercado de Pulgas aconteceu no dia 21 de maio e reuniu 29 colecionadores de relíquias e objetos antigos no pátio do Mercado Municipal.
Rádio Saudade
Em comemoração aos 129 anos de Uberlândia, outra atividade foi preparada para complementar a programação da Secretaria Municipal de Cultura. No dia 20 de agosto, pouco antes do Mercado de Pulgas, acontece uma sessão exclusiva do ‘Rádio Saudade’. Às 9h da manhã, no Teatro de Bolso do Mercado, locutores e convidados darão vida a um programa de auditório feito como antigamente.
Trata-se de uma homenagem às primeiras emissoras de Uberlândia e à Era de Ouro do rádio no Brasil, como explica a coordenadora do Espaço Cultural do Mercado Municipal, Yone Correa. “Nosso propósito é revisitar essa época, as gravações, as músicas, as estrelas, os cantores, as radionovelas e todo o fascínio que existia em torno das frequências e da magia das rádios. É nossa forma de reviver esse período e mostrar a essa geração o quão especial eram os programas naquele tempo, como mexiam com as pessoas, ditavam moda e até costumes”, aponta.
A sessão especial é aberta à comunidade e trará muitas surpresas ao público. “Já sabemos que tracks com músicas e comerciais antigos serão usados durante o programa. O roteiro está sendo preparado com muito carinho e teremos participações especiais”, finaliza Yone.

Prestigie!
O quê: Mercado de Pulgas e ‘Rádio Saudade’
Quando: domingo (20 de agosto)
Onde: Espaço Cultural do Mercado Municipal, que fica na avenida Olegário Maciel, 155, Centro
Horário: 9h às 10h – Rádio Saudade/ 10h às 16h – Mercado de Pulgas
Informações: 3235-7790
Entrada franca

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS
NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
www.pmmg.mg.gov.br/9rpm
9rpm-p5@pmmg.mg.gov.br



TRÁFICO DE DROGAS
16/08/2017
11:18
AVENIDA ESTRELA DO SUL - DANIEL FONSECA
ALÉM DE HAVER CONSTANTES DENÚNCIAS DE TRÁFICO DE DROGAS, VINDAS DA SOCIEDADE PARA O LOCAL, NESTA DATA, DURANTE PATRULHAMENTO PELAS IMEDIAÇÕES DO ENDEREÇO FOI VISTO UM INDIVÍDUO TRAJANDO CALÇA JEANS, BLUSA DE MOLETON DE COR VERDE, COM CAPUZ E COM UMA MOCHILA PRETA NAS COSTAS EM ATITUDE SUSPEITA, SENDO ENTÃO PROCEDIDA A ABORDAGEM PESSOAL E LOCALIZADO NO BOLSO DA CALÇA A QUANTIA DE R$ 24,00 EM DINHEIRO. NA MOCHILA, FOI ENCONTRADA UMA SACOLA PLÁSTICA TRANSPARENTE COM UM TOTAL DE 146 PEDRAS DE SUBSTÂNCIA AMARELADA COM ODOR E CARACTERÍSTICAS FÍSICAS SEMELHANTE AO CRACK, SENDO CADA PEDRA EMBALADA EM PLÁSTICO PRETO. FOI LOCALIZADO TAMBÉM NO INTERIOR DA REFERIDA MOCHILA UMA FACA COM APROXIMADAMENTE 30 CENTÍMETROS DE LÂMINA E A QUANTIA DE R$ 27,40, TOTALIZANDO R$ 51,40 EM DINHEIRO. TODO ESSE MATERIAL APREENDIDO E ENCAMINHADO JUNTAMENTE COM O AUTOR, M. N., 26 ANOS, À DELEGACIA.

TRÁFICO DE DROGAS
17/08/2017
00:59
RUA XILITA - DONA ZULMIRA
DURANTE PATRULHAMENTO NO BAIRRO DONA ZULMIRA, A GUARNIÇÃO RECEBERA INFORMAÇÕES DE QUE DIUTURNAMENTE UM INDIVÍDUO DE COR BRANCA, COM TATUAGEM EM TODA EXTENSÃO DO BRAÇO DIREITO, ESTARIA TRAFICANDO DROGAS PRÓXIMO AO POLIESPORTIVO DO BAIRRO DONA ZULMIRA, INTENSIFICANDO A MOVIMENTAÇÃO APÓS AS 18H30MIN. COM BASE NESSAS INFORMAÇÕES, FORAM FEITAS DILIGÊNCIAS E OS POLICIAIS OBTIVERAM A INFORMAÇÃO DE QUE O ACUSADO BUSCAVA O MATERIAL ENTORPECENTE NA RUA SAFIRA PARA FAZER A DISTRIBUIÇÃO EM LOCAIS DIVERSOS DAQUELA REGIÃO. EM PATRULHAMENTO NA REGIÃO, EM DETERMINADO MOMENTO, O SUSPEITO, T. R. S., 18 ANOS, FOI VISTO SAINDO DA CASA NA RUA SAFIRA E IR ATÉ UMA RESIDÊNCIA NA RUA XILITA ONDE HOUVE MOVIMENTAÇÃO DE PESSOAS QUE ENTRAVAM E SAIAM DO LOCAL. AO FAZER A ABORDAGEM, FOI CONSTATADO QUE DENTRO DO IMÓVEL ESTAVA O ACUSADO NA COMPANHIA DE A. A. M. R., 23 ANOS, E LOGO OS POLICIAIS VIRAM TRÊS PINOS DE SUBSTANCIA SEMELHANTE A COCAÍNA QUE ESTAVAM SOBRE O COLCHÃO. DURANTE BUSCA PESSOAL NOS DOIS INDIVÍDUOS, OUTROS MATERIAIS FORAM ENCONTRADOS: R$ 55,00 E 30 PINOS DE SUBSTANCIA SEMELHANTE A COCAÍNA NOS BOLSOS DE T.; 15 PEDRAS DE SUBSTANCIA SEMELHANTE A CRACK NO BOLSO DE A.. DIANTE DESSAS CIRCUNSTÂNCIAS E COM A MATERIALIDADE DO CRIME DE TRAFICO DE DROGAS, OS DOIS FORAM CONDUZIDOS ATÉ O LOCAL DE ONDE A EQUIPE DE POLICIAIS VIU O AUTOR T. SAIR, NA RUA SAFIRA. FORAM ENCONTRADOS UMA QUANTIA EM DINHEIRO SOBRE UMA CADEIRA E TAMBÉM UMA BALANÇA DE PRECISÃO, MAIS QUATRO BOLSINHAS DE PLÁSTICO FILME CONTENDO 40 PEDRAS DE SUBSTANCIA SEMELHANTE A CRACK E R$ 502,45 EM DINHEIRO. DIANTE DE TAIS CIRCUNSTÂNCIAS, AOS INDIVÍDUOS FOI DADA VOZ DE PRISAO EM FLAGRANTE E ENCAMINHADOS À DELEGACIA.

TRÁFICO DE DROGAS
17/08/2017
00:09
AVENIDA SOLIDARIEDADE / AVENIDA JOAO COSTA AZEVEDO - SÃO FRANCISCO
DURANTE OPERAÇÃO DE COMBATE AO TRÁFICO DE DROGAS NO BAIRRO DOM ALMIR, A GUARNIÇÃO POLICIAL VIU UM CIDADÃO EM ATITUDE SUSPEITA AO PERCEBER A PRESENÇA DA EQUIPE POLICIAL. DE IMEDIATO, O INDIVÍDUO FOI ABORDADO E AO SER PROCEDIDA AS BUSCAS PESSOAIS NO MESMO FOI LOCALIZADO UM ENVÓLUCRO CONTENDO CERCA DE 100 PORÇÕES DE SUBSTÂNCIA SEMELHANTE A COCAÍNA, TODAS EMBALADAS INDIVIDUALMENTE EM PLÁSTICO NA COR AMARELA, LACRADO COM FITA ADESIVA NA COR VERDE. EM CONTINUIDADE AS DILIGÊNCIAS, OS MILITARES FORAM ATÉ A RESIDÊNCIA DO ADOLESCENTE DE 17 ANOS, E ENCONTRARAM MAIS 330 PORÇÕES DE SUBSTÂNCIA SEMELHANTE A COCAÍNA. FOI ENCONTRADA JUNTAMENTE COM A DROGA A QUANTIA DE QUATROCENTOS REAIS EM DINHEIRO. DIANTE DOS FATOS, FOI DADA VOZ DE APREENSÃO AO MENOR, QUE FOI CONDUZIDO À DELEGACIA,  JUNTAMENTE COM OS MATERIAIS.

JOGO DE AZAR
16/08/2017
18:33
RUA CARMO GIFONI – MARTINS
A GUARNIÇÃO POLICIAL MILITAR RECEBEU INFORMAÇÕES DA ANÁLISE CRIMINAL REFERENTE A DISQUE DENÚNCIA UNIFICADO (DDU) EM QUE RELATAVA UMA GRANDE MOVIMENTAÇÃO DE PESSOAS E QUE O CÔMODO ERA UTILIZADO PARA A PRÁTICA DE TRÁFICO DE DROGAS, NO ENDEREÇO DA RUA CARMO GIFONI. NO LOCAL, OS POLICIAIS OBSERVARAM QUE HAVIA UMA DIVISÓRIA E UMA PORTA, CONFORME O RELATADO NO DDU, PORÉM COM UMA MOVIMENTAÇÃO DE PESSOAS IDOSAS. FOI RECEBIDA AINDA PELA GUARNIÇÃO A INFORMAÇÃO DE QUE FUNCIONAVA NO LOCAL JOGO DE AZAR. AMBAS AS DENÚNCIAS SE TRATAVAM DO MESMO LOCAL. AO ENTRAREM NO ENDEREÇO, OS POLICIAIS SE DEPARARAM COM UMA PEQUENA SALA COM UM GRANDE BANNER INFORMANDO VALORES DE CARTELAS DE BINGO E PREMIAÇÕES, NO SALÃO MAIOR, HAVIA DIVERSAS PESSOAS SENTADAS EM MESAS, PREENCHENDO CARTELAS DE BINGO, MAIS 3 BANNERS INFORMANDO VALORES, MESAS DE COMPUTADORES COM JOGOS ELETRÔNICOS DE BINGO, ALÉM DE UMA CAIXA COM DIVERSAS IMPRESSÕES DE CARTELAS DE BINGO NÃO PREENCHIDAS. HAVIA 5 CPU'S DE CONTROLES DO SISTEMA DO JOGO E MAIS 10 CPU'S PARA A EXECUÇÃO DOS JOGOS PARA OS CLIENTES. FEITO CONTATO COM F. R. P. J., 37 ANOS, QUE, JUNTAMENTE COM SUA ESPOSA, L. J. J., 35 ANOS, QUE SE APRESENTARAM COMO REPRESENTANTES DO LOCAL. OS DOIS NÃO APRESENTARAM NENHUM DOCUMENTO DE FUNCIONAMENTO DO LOCAL PARA QUALQUER ATIVIDADE. DIANTE DO EXPOSTO, TODO O MATERIAL REFERENTE À PRÁTICA DE JOGOS DE AZAR FOI APREENDIDO. TRINTA E SEIS PESSOAS EM SUA MAIORIA IDOSAS E APRESENTANDO PROBLEMAS DE LOCOMOÇÃO, NÃO HAVIA MEIOS DISPONÍVEIS NEM TRANSPORTE ADEQUADO (DEVIDO A CADEIRANTES) PARA A CONDUÇÃO PARA A DELEGACIA DE POLÍCIA, FORAM ENTÃO TODOS QUALIFICADOS NO REDS. OS DOIS REPRESENTANTES FORAM CONDUZIDOS À DELEGACIA.