Translate

segunda-feira, 17 de julho de 2017

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS
NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
www.pmmg.mg.gov.br/9rpm
9rpm-p5@pmmg.mg.gov.br



TRÁFICO DE DROGAS
15/07/2017
17:19
RUA JOSE THOMAZ REZENDE - OSVALDO RESENDE
EM OPERAÇÃO POLICIAL DESENCADEADA COM O OBJETIVO DE CUMPRIR ORDEM JUDICIAL QUE DETERMINAVA A BUSCA E APREENSÃO DE OBJETOS ILÍCITOS NA RESIDÊNCIA SITUADA NA RUA JOSÉ THOMAZ REZENDE, AO CHEGAR AO LOCAL, A GUARNIÇÃO POLICIAL MILITAR DEPAROU COM O PORTÃO DA CASA ABERTO. NÃO ENCONTRANDO NINGUÉM NA PORTA DO IMÓVEL, FIZERAM ADENTRAMENTO NA CASA E ENCONTRARAM A AUTORA V. C. A. O, 36 ANOS, QUE AO VER OS POLICIAIS, COMEÇOU A GRITAR OS SEGUINTES DIZERES: "AQUI VOCÊS NÃO VÃO ENTRAR.... SAIAM DAQUI", MESMO DEPOIS DE SER INFORMADA SOBRE A AUTORIZAÇÃO JUDICIAL PARA BUSCA E APREENSÃO NO IMÓVEL. NESTE MOMENTO, INGRESSOU NO IMÓVEL O AUTOR J. C. S., 44 ANOS, QUE TAMBÉM SE MOSTROU RESISTENTE À AÇÃO POLICIAL, TENTANDO IMPEDIR QUE OS MILITARES CUMPRISSEM O MANDATO. FEITA ENTÃO A LEITURA DO MANDADO, QUE FOI ACOMPANHADA PELAS TESTEMUNHAS. INCLUSIVE, UMA DAS TESTEMUNHAS QUE ACOMPANHOU TODAS AS AÇÕES, FOI APONTADA PELOS AUTORES COMO SUA ADVOGADA CONSTITUÍDA. APÓS CUMPRIDAS ESSAS FORMALIDADES, OS MILITARES INICIARAM AS BUSCAS NO IMÓVEL. NO QUARTO DO CASAL FOI ENCONTRADA UMA SACOLA PLÁSTICA NA COR CINZA, CONTENDO 211 PEDRAS DE CRACK, JÁ FRACIONADAS PARA VENDA, FARELOS DA MESMA DROGA, ALÉM DE UMA PEDRA GRANDE DE CRACK AINDA NÃO FRACIONADA. AINDA, FOI ENCONTRADA A QUANTIA DE R$757,50. NA COZINHA DA CASA, LOCALIZADO UM PRATO CONTENDO 03 BUCHAS DE MACONHA. EM UM DOS QUARTOS DA CASA, ESCONDIDO EM MEIO A ALGUMAS PEÇAS DE ROUPAS, FOI ENCONTRADO UM SACO PLÁSTICO DE COR VERDE, COM 16 PEDRAS DE CRACK. APÓS TODAS ESSAS AÇÕES, FOI DADA VOZ DE PRISÃO EM FLAGRANTE DELITO AOS AUTORES PELO COMETIMENTO DOS CRIMES DE TRÁFICO DE DROGAS E ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO
E FORAM ENCAMINHADOS, JUNTAMENTE COM O MATERIAL APREENDIDO, ATÉ A DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL.

HOMICÍDIO CONSUMADO
16/07/2017
15:59
RUA MANOELINA DA SILVA MENDES - MORADA NOVA
DURANTE PATRULHAMENTO PELA AV. ALDO BORGES LEÃO, NO BAIRRO MORADA NOVA, A GUARNIÇÃO POLICIAL MILITAR FOI ACIONADA POR UM AGENTE DA POLICIA CIVIL (DIVISÃO DE HOMICÍDIOS), QUE PEDIU AOS MILITARES PARA ACOMPANHÁ-LO EM UMA VERIFICAÇÃO DE UM POSSÍVEL HOMICÍDIO, NA AV. ALDO BORGES LEÃO CRUZAMENTO COM A RUA MANOELITA DA SILVA MENDES. O LOCAL ERA UM TERRENO BALDIO, E APÓS PROCURAREM, LOCALIZARAM A VÍTIMA CAÍDA. A VÍTIMA ESTAVA APENAS DE CUECA E O CELULAR SAMSUNG E A BLUSA AZUL E BRANCA DA VITIMA ESTAVAM COM SANGUE E, APROXIMADAMENTE, A 10 METROS DE DISTÂNCIA DO CORPO. INCLUSIVE A BLUSA ESTAVA COM PERFURAÇÕES. A BERMUDA DE COR VINHO TAMBÉM ESTAVA COM SANGUE, E APROXIMADAMENTE, A 2 METROS DE DISTÂNCIA. A CARTEIRA FOI LOCALIZADA NO BOLSO DA BERMUDA, E CONTINHA OS DOCUMENTOS PESSOAIS E IDENTIFICADOS COM O NOME DE BRUNO SILVA OLIVEIRA LEAL. SEGUNDO O PERITO, A VÍTIMA ESTAVA COM FERIMENTOS VISÍVEIS PELO CORPO, OCASIONADOS POR SEIS PERFURAÇÕES ORIUNDAS DE UM INSTRUMENTO CORTANTE/PERFURANTE. NÃO POSSUÍA PERFURAÇÕES DE ARMA DE FOGO.  DURANTE A OCORRÊNCIA, F. R. A. S., PROCUROU OS POLICIAIS E INFORMOU QUE ERA AMIGO DA VÍTIMA E QUE ESTAVA PROCURANDO-O DESDE O PERÍODO DA MANHÃ E QUE APENAS HAVIA LOCALIZADO, NA AV. ALDO BORGES LEÃO, O VEÍCULO VW/VOYAGE DE COR PRATA, PERTENCENTE À VÍTIMA. AINDA DURANTE A OCORRÊNCIA, TAMBÉM PROCUROU OS MILITARES D. S. A. INFORMANDO QUE É PROPRIETÁRIO DE UM BAR, QUE FICA NA AV. ALDO BORGES LEÃO, MORADA NOVA E DISSE QUE A VÍTIMA ESTAVA SENTADO NA MESA NA CALÇADA DO BAR BEBENDO CERVEJA, E POR VOLTA DAS 03H40MIN, TRÊS INDIVÍDUOS CHEGARAM EM DUAS MOTOCICLETAS E UM DELES ESTAVA DE POSSE DE UMA FACA E OUTRO ESTAVA COM UMA ARMA DE FOGO. FORAM EM DIREÇÃO A VÍTIMA E COMEÇARAM A AGREDI-LA, UTILIZANDO UM CAPACETE E CADEIRAS. NESSE MOMENTO A VÍTIMA SAIU CORRENDO. OS AUTORES, ANTES DE IR ATRÁS DA VÍTIMA, AMEAÇARAM OS DEMAIS CLIENTES, QUE OS MATARIA CASO ACIONASSE A POLÍCIA. APÓS A AMEAÇA, UM AUTOR DE POSSE DE UMA FACA, FOI CORRENDO ATRÁS DA VÍTIMA, E OS OUTROS DOIS AUTORES SAÍRAM CONDUZINDO AS MOTOCICLETAS. APÓS O FATO, O HOMEM FECHOU AS PORTAS DO SEU ESTABELECIMENTO. DISSE AINDA QUE APÓS FECHAR O BAR, VERIFICOU QUE O VEÍCULO DA VÍTIMA ESTAVA ESTACIONADO E TOTALMENTE FECHADO E SEM SINAIS DE ARROMBAMENTO. PORÉM AO PASSAR PELO LOCAL NOVAMENTE, ÀS 10H00, NOTOU QUE O VEICULO ESTAVA COM O VIDRO DA PORTA DIANTEIRO DIREITO QUEBRADO. O VEICULO VW/VOYAGE DE COR PRATA, DA VITIMA, FOI PERICIADO E VISTORIADO NO LOCAL PELA EQUIPE DE HOMICÍDIOS DA POLICIA CIVIL, E FOI ENTREGUE A UM PARENTE DA VITIMA. O CORPO DA VÍTIMA FOI REMOVIDO AO IML.